Carregando... Carregando...
 
Busca Simples

Edição Nº 54 - EPIs na atividade do corte manual da cana

Um estudo realizado pela pesquisadora da Fundacentro Maria Cristina Gonzaga...

Publicado em 16/06/2009

Um estudo realizado pela pesquisadora da Fundacentro Maria Cristina Gonzaga na atividade de corte da cana-de-açúcar, no interior de São Paulo, mostrou que as luvas de proteção utilizadas pelos trabalhadores não oferecem as condições adequadas de segurança e conforto para a execução das tarefas. A inadequação do EPI à atividade tem obrigado os trabalhadores a soluções improvisadas, como emborrachar o cabo do facão - principal ferramenta no corte da cana – para obter maior aderência à luva de proteção. Sem o recurso dessa iniciativa, aumenta o risco de acidentes, principalmente com mãos e dedos, partes do corpo mais atingidas no corte da cana. Este é o assunto desta edição do Informativo Fundacentro. Confira.

Download (Formato: .mp3, Tamanho: 4,83 MB)   |  Recomendar esse podcast

Compartilhar:

Recomendar esse podcast

Recomendar

É obrigatório o preenchimento dos campos com *

Dados remetente

Dados destinatario

Máximo de 1500 caracteres. Quantidade de caracteres digitados:

Confirmação dos dados - Recomendar esse podcast

Dados confirmação
Recomendar para outro destinatário

FUNDACENTRO - Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho.
Sede: Rua Capote Valente, Nº 710 - CEP: 05409-002 - SÃO PAULO-SP - BRASIL - CAIXA POSTAL: 11.484 / CEP: 05422-970
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem a permissão da Instituição.