Carregando... Carregando...
 
Busca Simples

> busca avançada

Palestras no YouTube da Fundacentro discutem mundo do trabalho

Página do YouTube da Fundacentro

É possível assistir às apresentações do IV Congresso Internacional de Ciências do Trabalho, Meio Ambiente, Direito e Saúde

Por ACS/C.R. em 22/02/2017

Os vídeos com as palestras e debates do IV Congresso Internacional de Ciências do Trabalho, Meio Ambiente, Direito e Saúde estão disponíveis no YouTube da Fundacentro. O evento reuniu especialistas de diferentes áreas e instituições para falar de temas atuais como modelo econômico compatível com a promoção do trabalho digno e saúde e as ameaças à seguridade social.

Ainda foram abordadas questões como a desconstrução dos direitos; o futuro do trabalho e precarização; organização, gestão do trabalho e violência moral; o capitalismo contemporâneo e seus impactos na ampliação da desigualdade na regulação social do trabalho, nos direitos sociais e no judiciário trabalhista; catástrofes ambientais e humanas; invisibilidade do mundo do trabalho na mídia; e movimentos sociais.

O evento foi organizado pela Abrat (Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas), ALAL (Asociación Latinoamericana de Abogados Laboralistas), Departamento de Direito do Trabalho e da Seguridade Social da Faculdade de Direito da USP, Fundacentro e MPT (Ministério Público do Trabalho) em agosto de 2016. A quinta edição do evento será realizada em agosto de 2017.

Vídeos disponíveis

Novos problemas e riscos no mundo do trabalho: por Luiz Gonzaga Belluzzo, professor titular do Instituto de Economia da Unicamp.

Ameaças à seguridade social: por Luis Nassif, jornalista, editor do Blog Luis Nassif e do Jornal GGN; Eduardo Fagnani, professor do Instituto de Economia da Unicamp, e Antonio Rebouças, advogado especialista em Previdência Social.

Panorama de desconstrução dos direitos do trabalho e saúde na América Latina: por Maximiliano Nagl Garcez, advogado e membro da ALAL; Arturo Portilla, advogado trabalhista colombiano; Oscar Alzaga, advogado do Sindicato Mineiro de México; e Kjeld Jakobsen, diretor da Fundação Perseu Abramo.

Prevalência do negociado sobre legislado, a flexibilização de direitos fundamentais em tempo de crise, os desafios do sindicalismo, o empregado e o ambiente de trabalho: por Roberto Parahyba, vice-presidente da Abrat; Magnus Farkatt, advogado especialista em Direito Coletivo do Trabalho; Luis Carlos Moro, advogado com especialização em Direito do Trabalho; e Jesus Augusto de Mattos, advogado e diretor da ALAL.

O futuro do trabalho diante da precarização atual e migrações recentes: por Marilane Oliveira Teixeira, economista e pesquisadora do Cesit (Centro de Estudos Sindicais e Economia do Trabalho); Ricardo Antunes, professor titular de sociologia no IFCH (Instituto de Filosofia e Ciências Humanas) da Unicamp; José Dari Krein, professor e pesquisador do Instituto de Economia da Unicamp; Marcia Leite, professora titular da Faculdade de Educação e do Doutorado em Ciências Sociais do IFCH, da Unicamp, e Ana Yara Paulino Lopes, socióloga do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos).

Organização, gestão do trabalho e violência moral: por Margarida Barreto, médica do trabalho e pesquisadora do Núcleo de Estudos Psicossociais de Exclusão e Inclusão Social – Nexin, da PUC/SP; Roberto Heloani, professor titular e pesquisador da Faculdade de Educação e do IFCH da Unicamp; Lydia Guevara Ramirez, jurista cubana e professora da Faculdade de Direito de Havana – Cuba; Elias Garcia Rosas, professor da Universidade Autônoma do Estado do México; Leonardo Osório Mendonça, procurador do Trabalho e coordenador da Codemat (Coordenadoria Nacional de Defesa do Meio Ambiente do Trabalho); Alex Ricardo, da Confederação Nacional dos Químicos – CNQ-CUT e Sindicato dos Químicos de São Paulo; e Xinia Perez Quesada, administradora pública e pesquisadora em assédio sexual e laboral - Costa Rica.

O capitalismo contemporâneo e seus impactos na ampliação da desigualdade e da regulação social do trabalho: por Magda Biavaschi, desembargadora aposentada da Justiça do Trabalho e pesquisadora do Cesit; Denis Maracci Gimenez, professor do Instituto de Economia da Unicamp e diretor do Cesit; Carlos Eduardo Fernandez da Silveira, economista e doutor em Economia pela Unicamp; Jorge Luiz Souto Maior, juiz do Trabalho da 15ª Região, Jundiaí, e professor da Faculdade de Direito da USP; e Guilherme Santos Mello, professor de economia do Instituto de Economia da Unicamp.

Catástrofes ambientais e humanas: por Marcelo Chalreo, advogado e presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB- RJ; Pedro Julio Mahecha Ávila, advogado colombiano; e Gabriel Strautman, economista, Instituto Pacs (Políticas Alternativas para o Cone Sul).

Olímpiadas 2016: um olhar particular - entrevista com o comentarista esportivo Juca Kfouri, realizada pelo jornalista da Agência Sindical, João Franzin.

Invisibilidade do mundo do trabalho na mídia: por Sérgio Amadeu da Silveira, professor da Universidade Federal do ABC; Sergio Gomes, jornalista e diretor da Oboré; Altamiro Borges, jornalista e presidente do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé; Renata Mielli, jornalista e coordenadora geral do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação; Caio Cavechini, jornalista do Profissão Repórter e diretor dos documentários “Carne, Osso”, “Correntes” e “JACI, sete pecados de uma obra amazônica”; e Beto Novaes, economista, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ e documentarista.

Condições de trabalho e saúde dos jornalistas: por Roberto Heloani, professor da Unicamp; Cláudia Nonato, jornalista e docente do FIAM-FAAM Centro Universitário; e Cristiane Oliveira Reimberg, jornalista da Fundacentro.

Movimentos sociais na defesa dos direitos sociais, do trabalho digno e da saúde: por Silvio Caccia Bava, sociólogo e editor chefe do periódico Le Monde Diplomatique; Edson Carneiro Índio, secretário geral da Intersindical; Rachel Moreno, psicóloga, militante feminista, membro do Observatório da Mulher e da Rede Mulher e Mídia; Carlos Amorim, jornalista da regional para a América Latina da União Internacional dos Trabalhadores da Alimentação - REL Uita; Carlos Aparício Clemente, diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região e coordenador do Espaço Cidadania; e Madalena Margarida da Silva Teixeira, secretária Nacional de Saúde do Trabalhador da CUT.

Palestra de encerramento: por Miguel Nicolelis, médico e pesquisador brasileiro da área de Neurociência da Universidade norte-americana de Duke, concebeu e implantou o Instituto Internacional de Neurociências de Natal/RN.

Compartilhar:

Recomendar Notícia

Recomendar Notícia

É obrigatório o preenchimento dos campos com *

Dados remetente

Dados destinatario

Máximo de 1500 caracteres. Quantidade de caracteres digitados:

Confirmação dos dados - Recomendar essa Notícia

Dados confirmação
Recomendar para outro destinatário

FUNDACENTRO - Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho.
Sede: Rua Capote Valente, Nº 710 - CEP: 05409-002 - SÃO PAULO-SP - BRASIL - CAIXA POSTAL: 11.484 / CEP: 05422-970
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem a permissão da Instituição.